2016/10/29


baby:
o amor foi removido do peito pelo dedo que lhe apontaste.

2016/10/25


baby:
as rédeas que rejeito, eu não as quero pra ti.

2016/10/22


baby:
te esperei no portão errado. no dia errado. do jeito errado. foi quando ela veio. e te raptou.

2016/10/17


baby:
até na tristeza me falta você.

2016/10/12


baby:
quem tudo quer arrisca ficar com quem menos quer.

2016/10/09


baby:
não há repulsa aos laços de sangue. mas certa ressalva quanto às privações embutidas na tessitura de outros enlaces. os do coração.

2016/10/04

baby:
a presença do amor vai sempre representar a possibilidade de inaugurar um caminho de vida mais feliz. por isso, esnoba não. agarra.