2016/09/30



baby:
tentativas, nós. até quando?

2016/09/26



baby:
que os delitos de amor sejam recorrentes. fundados na sua magia - e inspirados pelo que, ainda, poderemos ser. um com o outro.

2016/09/22



baby:
quero a semeadura dos versos, a sinergia dos passos, o encontro. todos os dias.

2016/09/18



baby:
até os descaminhos têm me levado a você.

2016/09/14



baby:
quero a rotina do que fizermos questão de repetir. porque gostamos.

2016/09/10



baby:
o mais bonito é que a tua presença me aproxima do que melhor eu sei sentir.

2016/09/06



baby:
seguir sem ti foi sempre uma imposição.

2016/09/03




baby:
aquele movimento em suspenso não sai de mim. feito a sede de ti. do que nos vincula e incendeia.