2015/03/12




baby:
não, eu não quero me refugiar no futuro. porque a dor é agora. e aqui.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home