2014/04/11



baby:
morri um pouco por dentro. dessa mesma morte que te atinge todos os dias  — e a cada vez que te deitas só, esperando que um novo dia amanheça.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home