2014/01/30


baby:
o luxo de uma boneca extrapola o visível que envolve a pele.

2014/01/25


baby:
a casa ganhou mais luz depois que as cortinas viraram vestidos.

2014/01/21

baby:
a vida exige uma espécie de luto, de adaptação. nem sempre é fácil, mas vou me ajustando — aos poucos. mergulho nas coisas ordinárias e, quando vejo, mais um dia ficou para trás. na sua secura e aridez.

2014/01/15


baby:
talvez agora eu faça alguma ideia do tamanho da culpa que carregas. sem hora marcada — ou descanso.


2014/01/11


baby:
as pisadas não amaciaram a carne — menos, ainda, o coração.

2014/01/07


baby:
a ela certamente não faltam os predicados capazes de agregar à relação. felicidades ao casal.

2014/01/04


baby:
mande lembranças à ilha. de todos os passeios de que sempre me privou.

2014/01/02


baby:
não me obrigue a ser dura. e a verbalizar tudo que não quero.