2013/06/12

baby:
coloquei meu destino nas mãos do astral. por isso, tenho evitado qualquer deslize operado pelo coração. meu futuro se quer diferente do teu presente — de escombros & remendos, escusas & encenações. porque eu ainda prezo a verdade dita no olho e aqueles quereres consolidados por ações.


0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home