2012/12/23


baby:
eu nem preciso me trancar no quarto — por dentro. não há ninguém para perturbar — ou colocar o real diante de mim. já sei que não estou contigo — e que as escolhas passaram longe de mim. e daqui.
é prata fina? não. metal pesado. desses que afundam no mar — e enterram sonhos.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home