2012/10/26

baby:
lamento que meus pedidos não sejam importantes — e que tua voz não prevaleça por lá. de que adiantaria o confronto, não é?! recados não chegam, nem servem à anarquia familiar.

2012/10/18

baby:
não fazer escolhas é também escolher. declarar preferência pela condição atual, preterindo tudo mais.

2012/10/12

baby:
não tenho do que me defender. porque tudo que ela fizer será em prejuízo próprio — e dos seus. pode confiar. o universo não é fantoche. devolve feitiços & intimidações, ainda que duvides.

2012/10/04


baby:
me ajuda a apagar esta saudade que não tem fim? porque eu não quero que seja assim. nem você.