2012/04/22

dear:
você também tem vergonha de mim? porque quis que ele se orgulhasse de mim para além dos portões — e depois que a lua se esconde. pois, no escuro, as coisas se esquecem de si mesmas — são apenas coisas sem conexão, desligadas de associações e diálogos. e eu? eu continuo aquela avenca plantada no vaso esquecido no fundo da casa. sem água.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home