2012/01/18

dear: os dias estão quietos, quase parados. e a vizinhança parece entorpecida — incapaz de oferecer socorro & perigo. não ouço pássaros, automóveis ou vozes nas ruas. saramago adoraria caminhar por aqui — e sentir, na pele, a cegueira que tomou conta do mundo.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home