2011/12/21

baby:
hoje é tarde para amar. e isso eu jamais soube lhe dizer — ou pedir [assim, olhando no olho]. doeria demais. agora, depois de me juntar às criaturas que o mundo esqueceu, eu sei. e não pedir talvez tenha sido a maior prova do meu amor, embora o amor prescinda disso. e das nuvens no céu. e dos abraços que preenchem um dia inteiro quando já não se tem mais nada.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home