2011/11/11

baby:
é tão estranho de repente virar para o lado e não encontrar mais você. é como se você sempre estivesse aqui — e isso tivesse mudado. porque eu ainda fico surpresa — admirada com a falta de rumo da história. com a vida parada. fica comigo? quero abandonar esse canto frio em que esquecem as bonecas.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home